+ - contraste

Clipagem

Postado em: 13/01/2020

Yacht Clube da Bahia é parabenizado por apoiar nadador venezuelano refugiado

O deixou mostrar chamado para vocês agora uma matéria muito especial nadador.

Refugiado venezuelano que veio procurar ajuda aqui em Salvador e já ganhou inclusive maratona a matéria emocionante da nossa Manuela venda o nosso David Melo e edição de rádio e colocar a matéria completa vai.

Eu não posso falar o ritmo já abrem o corpo de vantagem Ronaldo sobre o Ben vai bater primeiro o náutico Zambrano campeão da quinta a travessia baía de todo o santo.

Foi emocionante foi emocionante ou minha primeira vez na competição muita emoção.

Ronaldo é um fenômeno.

Exemplo de resistência na vida e no esporte.

Craque da família.

É enorme é meu Ronaldo meu pai colocou pelo brasileiro.

Fenômeno.

O pai um venezuelano apaixonado pela seleção brasileira queria que o filho fosse jogador de futebol para os analistas uma vez me disseram por que não insistiu pra ele jogar futebol natação não dá dinheiro e eu disse.

Ele não pode fazer um esporte que ele não gosta.

É melhor procurar outra coisa.

Ele tentou mas a praia do rapaz era outra pergunta pro eu gosto de jogar mas não é minha paixão minha paixão é o mar e a natação.

O pai fez papel de treinador auxiliava Ronaldo nos treinos.

Era a voz que guiava o nadador.

Mesmo nos momentos mais difíceis.

Analise o conserto muitas vezes aconteceram coisas tinham vez que não tinha nem o que comer.

Ele comia eu não comia.

Era brabo.

Meu treinamento também lançou ele era meu treinamento na Venezuela era muito forte.

Havia dias que eu não tinha como comer me alimentar pela situação na Venezuela sofreram juntos.

O salário mínimo no país é menor que seis dólares.

Que valente é uns vinte três reais.

E o custo de vida é aula.

Num país em crise econômica e política Ronaldo focava atenção nas águas.

Sem dinheiro.

Sem apoio e sem perspectivas para seguir comam Django queira e baixei o que eu querendo lá nada ele classificou por mundial que seria na Holanda.

Mas lamentavelmente primeiro eu não tinha dinheiro.

E segundo eu não estava com o partido do pessoal do governo.

Que eram Chaves e maduro.

Por não estar com eles.

Lamentavelmente eles.

Eles nós o dava.

Ele ficou em segundo lugar o que ele seguia ganhando e ganhando mas não tinha oportunidade.

Não podia fazer nada.

Ele seguiu competindo em competir indo.

Ganhando e ganhando.

Mas não lhe davam oportunidade.

Victor e Ronaldo são alguns dos mais de dez mil refugiados que chegaram ao Brasil.

Todos em busca de melhores condições de vida.

Deixaram pra trás casa família amor.

E encontraram em Salvador a chance de recomeçar me telefonaram da venezuela perguntando se eu aceitava fazer o intercâmbio cunho governação Elano nadadora de maratonas aquáticas.

É que treinava na verdade isso ela queria ficar aqui entre quinze dias ao mês aqui.

E a ideia na verdade não era ficar quinze dias em trinta dias a ideia dele era embora porque eles estavam é sofrendo lá com ajuda de uma rifa foram a Manaus para disputa da reúne gro teague.

Desculpa perfeita para deixar o país e depois seguir para Salvador.

O iate clube da Bahia era o destino.

Só acha que conseguiu apartamento para ele morar aqui próximo do clube ele faz todas as refeições clube de seis meses.

Se vagamente se passaram.

E hoje graça desde estabilizou o preparo foi grande até a maior distância da carreira.

Um desafio de doze quilômetros na travessia baía de todos os santos.

Que tal preparar eu já termino eu estava preparado.

Já vinham seis meses me preparando para esta competição.

Me falaram dela e eu queria competir.

Travessia com grandes vencedores.

Allan do Carmo Ana Marcela cunha.

Neste ano mais de sempre vinte competidores minha meta chegar é segredo eu batia meta meu vigia coberta a prova já que a minha primeira de que é primeiro ainda aos pouquinhos as próximas eu consegui pegar o pódio algo do tipo.

Na chegada.

A emoção toma conta de vias.

Superar obstáculos é algo que o Ronaldo já está acostumado e dessa vez no foi diferente.

Superação dedicação e realizações.

Fazendo jus ao nome.

Ele misturou a habilidade do xará gaúcho.

A precisão do fenômeno a dedicação do Ronaldo português.

E venceu.

Foi o grande campeão da quinta maratona aquática baía de todos os santos.

E se a vida real é um filme surpreendente Ronaldo é um dos personagens principais de uma série documental chamada todos os sonhos.

Conta a história da travessia e Ronaldo ainda quer muito mais.

E nenhum coração.

Ele tem um coração e uma vontade de chegar às olimpíadas.

Que você nem imagina.

Incentivo energia boa não vão faltar.

E e.

Me.

Vou voltar desejar sorte ao Ronaldo né refugiado que veio é da venezuela que vive uma crise política gigantesca encontrou aqui em Salvador pessoas.

Boas o qual inclusive pessoal do iate clube parabéns pela atitude por abraçar essa causa e ele vai se tornar um grande campeão e agora vai também.

Por ter sido recepcionado vai também abraçar a bandeira brasileira como sendo dele para base ou Naldo parabéns aí a a matéria muito bem produzida Arraes e a Manuela ao David melo e tinha toda a equipe de produzir essa matéria especial muito bacana tá certo.

Pode sair ou Christian eu queria falar com você agora Chris como é que eu sou a carreira meu parceiro para se apresentando.

 

< Voltar

Veja também

Av. Sete de Setembro, 3252, Ladeira da Barra, Barra

Salvador - BA - CEP 40130-001

+55 (71) 2105 9111

16 e 68 (VHF)

Coordenadas: 12º 59.972’ S | 38º 31.848’ W

© 2017 Yacht Clube da Bahia.

New Tab